Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de março de 2010

O Vereador Marcos Portela cobra conclusão das obras do CDHU em Registro.

O vereador Marcos Portela fez importante cobrança na última sessão da Câmara Municipal de Registro cobrando a conclusão das obras do CDHU em Registro, conjunto do Bloco D2 que estão paralisadas há nove meses.
A prefeita de Registro, Sandra Kennedy, esteve em audiência na CDHU, em São Paulo, em setembro de 2009, na última para cobrar a retomada da construção das casas do conjunto habitacional D2. Em conversa com o diretor técnico do órgão, engenheiro João Abukatir ela conseguiu o compromisso de que as obras serão reiniciadas a partir de outubro. O engenheiro da CDHU explicou que a empresa vencedora da licitação faliu e por isso a paralisação das obras que já se arrasta desde o início do ano. O Vereador Marcos Portela acompanhou a Prefeita Sandra nesta audiencia. Mas até o presente momento, seis meses depois, nada foi realizado.
São quase 300 residencias previstas e que poderiam em muito diminuir o problema habitacional no muncipio de Registro-SP, afirmou a Prefeita na ocasião.
Em fevereiro deste ano, o vereador Marcos Portela realizou visita no local acompanhado pelo Deputado Simão Pedro onde puderam constatar, com tristeza a situação de abandono e de deterioração das casas em construção.
O que acontece em Registro se repetem em outros municipios e regiões do Estado
Alem disso recente, diagnóstico realizado pela bancada do PT na Assembléia Paulista demontra que não existe politica habitacional no Estado e muito menos prioriadade na contrução de moradias conforme pode ser observado pelo quadro abaixo:



Como pode ser visto pelo quadro. Foi realizado 62% do que estava previsto, durante os quatro anos do governo Alckmin. E nos dois primeiros anos do Governo do Serra a taxa caiu mais ainda. O Engraçado é que a Lei diz que o Estado deve investir 1% do imposto arrecadado com o ICMS em habitação.
Afirma-se que as obras esão paralisadas em Registro, pois a empresa não conseguiu dar continuidade e abandonou as obras. Já foram 08 meses e o engraçado ainda é que ninguem faz nada. Por que o Ministério Público não intervem no caso e não toma providencias para que a obra seja concluida?

Um comentário:

João Capilar disse...

Parabéns pelo blog !!!!